BRASIL: Governo admite reduzir a 62 anos idade para mulher se aposentar

A proposta do governo para a reforma da Previdências pode sofrer mudanças no que se refere a possibilidade de reduzir de 65 para 62 anos a idade mínima para mulheres terem direito à aposentadoria.
O ponto é o que tem provocado as maiores reações por parte das centrais sindicais.
Segundo informações da Folha de S. Paulo, auxiliares do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, já trabalham com a tese de que os deputados apresentarão, durante a votação no plenário da Câmara, uma emenda que altere esse ponto da proposta.
No entanto, para os homens, serão mantidos os 65 anos como idade mínima.
A reforma proposta pelo governo, na semana passada, além da idade mínima, estabelece o tempo mínimo de contribuição de 25 anos.
Neste caso, ele receberá 76% do valor da aposentadoria, que corresponderá a 51% da média dos salários de contribuição, acrescidos de um ponto percentual desta média para cada ano de contribuição.
Todos os trabalhadores ativos entrarão no novo sistema. Aqueles que têm menos de 50 anos (homens) ou 45 anos (mulheres) deverão obedecer às novas regras integralmente. Quem tem 50 anos ou mais será enquadrado com uma regra diferente, com tempo adicional para requerer o benefício
Fonte: Iguatu.Net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BRASIL: Após barrar denúncia, governo vai adotar discurso conciliador

Tentativa é unir a base aliada, sem retaliações aos dissidentes BRASÍLIA —  Denuncia barrada contra o presidente Michel Temer, o gov...