CEARÁ - Primeira-dama do Ceará é indiciada por compra de votos, segundo revista Época


primeira-dama do Estado do Ceará, Onélia Santana, foi indiciada pela Polícia Federal por suspeita de compra de votos, além dos crimes de associação criminosa e ameaça a eleitores durante as eleições municipais deste ano. A informação é da revista Época.
De acordo com a revista, a esposa do governador Camilo Santana (PT) teria agido para beneficiar o então candidato a prefeito de Barbalha, Fernando Santana (PT), que perdeu o pleito para o tucano Argemiro Sampaio. Fernando Santana é secretário adjunto de Camilo, além de ser cunhado de Onélia.
A investigação foi iniciada quando uma assessora da primeira-dama foi presa em flagrante com R$ 50 mil em maços de dinheiro em envelopes e materiais de campanha de Fernando Santana. O caso ocorreu em setembro deste ano, dois dias antes da votação.
A investigação também teria descoberto outras pessoas ligadas a Onélia envolvidas com o caso, além de apontar que ela teria ameaçado eleitores afirmando que, caso Fernando Santana não vencesse as eleições, o Governo do Estado não enviaria mais dinheiro à cidade.
O Governo do Estado afirmou que não vai se pronunciar sobre o fato, segundo assessoria de imprensa. A Polícia Federal também preferiu não dar mais informações, afirmando que o caso corre em segredo de Justiça.
O POVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcelo faz texto emocionante em despedida de Cristiano Ronaldo

Lateral da seleção brasileira usou as redes sociais para se despedir do mais novo reforço da Juventus, com quem atuou durante quase 10 anos...