FUTEBOL: Brasiliense é um dos possíveis destinos do goleiro Bruno

Líder isolado do Campeonato Candango, o Brasiliense tem interesse na contratação do goleiro Bruno, ex-Flamengo, solto na última sexta-feira depois de cumprir seis anos e sete meses de prisão. O jogador de 31 anos é acusado de mandar matar a ex-amante Eliza Samúdio e deixou a cadeia amparado por uma liminar do ministro Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio de Mello.
Em entrevista ao programa Domingo Espetacular, da TV Record, na noite deste domingo, Bruno foi questionado se está pronto para voltar a jogar em um time chinês, na Inter de Limeira-SP ou até mesmo no Brasiliense, um dos principais interessados nele.
Em princípio, Bruno sorriu, tentou desconversar, mas respondeu: “Eu não sentei ainda para a gente conversar. Ele (advogado Lúcio Adolfo) só comentou. Mas eu quero muito voltar”, disse Bruno. Em Minas Gerais, Lúcio Adolfo teria dito a amigos que seu cliente tem preferência pelo Brasiliense porque deseja sair do eixo Rio, São Paulo e Minas Gerais. Segundo ele, Boa, de Varginha, América de Ribeirão Preto e o Vila Nova-GO também teriam procurado para saber sobre a situação de Bruno.
Questionada na entrevista se está pronta para acompanhar o marido no Brasiliense, na Inter de Limeira ou até mesmo na China, a mulher do jogador, Ingrid Calheiros Oliveira, afirmou: “Agora, vou pra onde ele for. Ele vai ter que me levar”, disse a dentista de 30 anos, casada com Bruno há oito meses.
Vice-presidente do Brasiliense, Paulo Henrique Lorenzo comentou a entrevista de Bruno. “Por enquanto, não há nada. Quem trata disso sou eu ou o seu Luiz (Estevão) e não tem nada. Houve da outra vez que ele estava perto de sair (da cadeia), mas seu Luiz pediu para não mexer com isso”, afirmou ao blog.
Dono do Brasiliense, Luiz Estevão cumpre prisão desde março do ano passado no Complexo da Papuda. O cartola foi condenado em 2006 a 31 anos de reclusão por peculato, corrupção ativa, estelionato, formação de quadrilha e uso de documento falso na construção da sede do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP). Como os últimos dois crimes prescreveram, a pena de Luiz Estevão, hoje, é de 26 anos.
No Candangão, o Brasiliense tem três goleiros no elenco: o titular Pereira, além de Edmar Sucuri, contundido, e Fernandes. Em 2017, o Brasiliense voltou a sondar e a contratar nomes famosos, uma prática comum desde a fundação do clube, em 2000. Neste ano, o elenco tem Souza (ex-São Paulo) e Reinaldo (ex-Flamengo). Sondou o zagueiro pentacampeão Lúcio e flertou com o uruguaio Loco Abreu, centroavante do Bangu.
Por: Iguatu.Net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BRASIL: Após barrar denúncia, governo vai adotar discurso conciliador

Tentativa é unir a base aliada, sem retaliações aos dissidentes BRASÍLIA —  Denuncia barrada contra o presidente Michel Temer, o gov...